ENSINO DE EMPREENDEDORISMO POR PROJETO INTERDISCIPLINAR NA GRADUÇÃO

  • Geani Moller Cavallaro
  • Patricia Viveiros de Castro Krakauer
Palavras-chave: ensino de empreendedorismo, ensino por projeto, interdisciplinaridade

Resumo

A discussão sobre ensino de empreendedorismo não é recente, contudo, a melhor forma de se ensinar a temática é ainda um desafio. O presente estudo tem como objetivo apresentar um processo para se ensinar empreendedorismo por projetos interdisciplinares que possa ser aplicado por docentes na graduação. Trata-se, portanto, de uma pesquisa de natureza aplicada, exploratória e qualitativa. A partir da revisão teórica acerca do ensino de empreendedorismo, do ensino por projeto e interdisciplinar, emergiu a construção da proposta, sustentada pelos conceitos teóricos de William Kilpatrick e Hilton Japiassu. Tal processo foi submetido a análise de especialistas por meio de entrevista com técnica projetiva. Os principais resultados demonstraram uma aceitação do modelo interdisciplinar de ensino, revelando a necessidade de se ter um olhar prático para a disciplina de empreendedorismo.  A pesquisa contribuiu com docentes que buscam alternativas para o ensino de empreendedorismo considerando uma perspectiva interdisciplinar e prática, podendo ser o processo desenvolvido aplicado em instituições de ensino superior que almejem ensinar empreendedorismo na graduação.

Biografia do Autor

Geani Moller Cavallaro

Docente da UNIMETROCAMP

Mestre pelo Centro Universitário Campo Limpo Paulista (UNIFACCAMP)

Patricia Viveiros de Castro Krakauer

Docente do Centro Universitário Campo Limpo Paulista (UNIFACCAMP)

Pós-Doutora pela Faculdade de Educação da USP

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Editora Edições, 2009.

BEHRENS, M. A. B. Paradigma da Complexidade. Metodologia de projetos, contratos didáticos e portfólios. Petrópolis. Vozes. 2006.

CATTAI, M. D. S.; PENTEADO, M. G. A formação do professor de matemática e o traba-lho com projetos na escola. Ciência & Educação, v. 15, n. 1, p. 105-20, 2009.

CIOBOTARU, A.C. Entrepreneurial education as a society project. An essay on the conceptualization of the spirit of initiative and entrepreuneurship in educational field. Review of Economic Studies and Research Virgil Madgearu, v. 6, n. 1, p. 41, 2013.

CRESWELL, J. W. Projeto de Pesquisa: Métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

CRONIN, P.; RYAN, F.; COUGHLAN, M. Undertaking a literature review: a step-by-step approach. British Journal of Nursing, v. 17, n.1, p.38-43, 2008.

DENZIN, N. K. e LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa quali-tativa. In: DENZIN, N. K. e LINCOLN, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa quali-tativa: teorias e abordagens. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, p. 15-41, 2006.

ENDEAVOR; SEBRAE. Empreendedorismo nas Universidades Brasileiras. 2014. Dis-ponível em: https://endeavor.org.br/empreendedorismo-nas-universidades-2014/ Aces-so em: 12/07/2017

FAZENDA, I. C. A. Interdisciplinaridade: um projeto em parceria. Edições Loyola, 1991.

FAZENDA, I. C. A. Integração e interdiciplinaridade no ensino superior brasileiro. Edi-ções Loyola, 2002.

FILION, Louis Jacques. Empreendedorismo: empreendedores e proprietários-gerentes de pequenos negócios. Revista de Administração, v. 34, n. 2, p. 5-28, 1999.

FLICK, W. Introdução à pesquisa qualitativa. Tradução Joice Elias Costa. 3. Ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GARCIA, J. O futuro das práticas de interdisciplinaridade na escola. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v.12, n.35, p.211 – 232, 2012.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. In: Métodos e técnicas de pesquisa social. Atlas, 2010.

JAPIASSU, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Imago Editora, 1976.

KATZ, J. A. The chronology and intellectual trajectory of American entrepreneurship education: 1876–1999. Journal of business venturing, v. 18, n. 2, p. 283-300, 2003.

KRAKAUER, P. V. C. Empreendedorismo como disciplina: mapeamento das ideias fundamentais. Relatório de pós-doutorado. Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. USP, São Paulo, 2016, 166 p.

LANDSTRÖM, H.; HARIRCHI, G.; ÅSTRÖM, F. Entrepreneurship: Exploring the knowledge base. Research Policy, v. 41, n. 7, p. 1154-1181, 2012.

LAVIERI, Carlos. Educação... empreendedora? In: LOPES, Rose Mary A. (Org.). Edu-cação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier; São Paulo: Sebrae, 2010.

LEITE, A. C. C. A. A noção de projeto na educação: o "método de projeto" de William Heard Kilpatrick. 2007. 72 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universi-dade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

LOPES, R. M. A. Educação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. Elsevier, 2010.

MORAES, L. V. S; HOELTGEBAUM, M. Um modelo para a análise do processo de aprendizagem de empreendedores. In: 3rd. International Conference of the Ibero American Academy of Management, São Paulo, 2003. Anais…

MORIN, E; LE MOIGNE, J. A inteligência da complexidade. Tradução de Nurimar Maria Falci, São Paulo: Peirópolis, 2000.

MORIN, E. Desafios da transdisciplinaridade e da complexidade. Inovação e interdisci-plinaridade na universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

NECK, H.; GREENE, P. Entrepreneurship education: known worlds and new frontiers. Journal of Small Busines Management, v.49, n.1, p.55-70, 2011. doi: 10.1111/j.1540-627X.2010.00314.x

POLITIS, D. The process of entrepreneurial learning: a conceptual framework. Entre-preneurship Theory and Pratice, v. 29, issue 4, p. 399-424, July, 2005.

POMBO, O. Práticas interdisciplinares. Sociologia, v.8, n.15, p. 208-249, jan-jun 2006. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/sociologias/article/view/5570
Acessado em 15.11.2016

PRODANOV, C. C.; DE FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico-2ª Edição. Editora Feevale, 2013.

RAE, D. Entrepreneurial learning: a practical model from the creative industries. Edu-cation & Training, v. 46, n 8/9, p. 492-500, 2004.

SILVA, F. A. G.; RIBEIRO, R. C. L.; PINTO, F. R.; OLIVEIRA, L. G. L. Projeto Arquime-des: empreendedorismo nas Instituições de Ensino superior Superior. Revista Pretex-to, v. 10, n. 4, art. 2, p. 31-48, 2009.

TEROSSI, M. J.; SANTANA, L. C. Projetos: Alternativas viáveis na Educação Ambien-tal?. Educação: Teoria e Prática, v. 21, n. 37, p. 135-154, 2011. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/106866
Acessado em 20.12.2016.

SALUSSE, M. A. Y.; ANDREASSI, T. O ensino superior de empreendedorismo com fundamento na teoria effectuation. RAC-Revista de Administração Contemporânea, v. 20, n. 3, p. 305-327, 2016.

SARASVATHY, S. D.; VENKATARAMAN, S. Entrepreneurship as method: open ques-tions for an entrepreneurial future. Entrepreneurship Theory and Practice, v.35, n.1, p.113-135, 2011. doi:10.1111/j.1540-6520.2010.00425.x
VANEVENHOVEN, J. Advances and challenges in entrepreneurship education. Jour-nal of Small Business Management, v. 51, n. 3, p. 466-470, 2013.

VIDAL, D. G. Escola nova e processo educativo. LOPES, Eliane Marta Teixeira; FARIA FILHO, Luciano Mendes; VEIGA, Cynthia Greive, v. 500, p. 497-517, 2000.

WRIGHT, J. T. C.; SILVA, A. T. B.; SPERS, R. G. O mercado de trabalho no futuro: uma discussão sobre profissões inovadoras, empreendedorismo e tendências para 2020. RAI - Revista de Administração e Inovação, São Paulo, v. 7, n. 3, p. 174-197, nov. 2010. doi:10.5585/rai.2010505.

ZAMPIER, M. A.; TAKAHASHI, A. R. W. Competências empreendedoras e processos de aprendizagem empreendedora: modelo conceitual de pesquisa. Cadernos Ebape. BR, p. 564-585, 2011.
Publicado
2019-10-08