MUSIC BUSINESS, CARREIRA E SUCESSO: A IMPORTÂNCIA DE EMPREENDER NA MÚSICA

  • Daniela Tiemi Kitamura
  • Rodolfo Ribeiro
Palavras-chave: Music Business, Carreira, Empreendedorismo, Sucesso, Realização pessoal, Carreer, Entrepreneurship, Success, Self-fulfilment

Resumo

O presente artigo tem por objetivo entender quais dimensões estão relacionadas com uma maior realização pessoal e percepção de sucesso na carreira como músico. Buscou-se, ainda, mensurar a importância music business, ou negócios da música, na carreira de um artista e o quanto ter um pensamento e práticas focadas em negócios podem ser responsáveis pelo sucesso desse artista. Para tal estudo, além de pesquisa bibliográfica, foi realizada uma pesquisa de caráter quantitativo com músicos profissionais e amadores sobre a qual se aplicou um modelo de regressão linear para análise dos dados. Os resultados obtidos foram satisfatórios e sustentam a teoria apresentada inicialmente. Cerca de 42% do sucesso do artista pode ser explicado pelas dimensões estudadas e a importância do music business foi confirmada.

Biografia do Autor

Daniela Tiemi Kitamura

Fatec Sebrae, Aluna de Graduação em Tecnologia em Marketing

Rodolfo Ribeiro

Fatec Sebrae, Professor no curso de Graduação em Tecnologia em Marketing

Referências

BONADIO, Rick. Rick Bonadio: 30 anos de música. São Paulo: Seoman, 2016. 159p.

COSTA, Luciano Venelli. Construção e validação de uma escala de percepção de sucesso na carreira. Revista de Carreira e Pessoas, São Paulo, v. 03, n. 01, p. 02-19, Jan/Fev/Mar/Abr 2013.

DIAS, Marcia Tosta. Os donos da voz: indústria fonográfica brasileira e mundialização da cultura. São Paulo, SP: Boitempo: FAPESP, 2000. 183 p. ISBN 8585934530 (broch.).

FERNANDES, D.; BEZZI, M. Como o rock pode ajudar você a empreender: De David Bowie à Legião Urbana, ideias inovadoras de bandas consagradas para você abrir seu negócio. São Paulo: Saraiva, 2016. 136p.

FITZGIBBON, Arthur. Music Business e gerenciamento de carreira: depoimento. [15 mar 2017]. Entrevista concedida a Daniela Tiemi Kitamura.

GOMES, Maria Joana Dias Fonseca. Networking e competências individuais como preditores da orientação para o cliente e do crescimento de start-ups. 2014. 49 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Humanos) – Instituto Universitário de Lisboa, 2014.

GORDON, Steve. The future of the music business: how to succeed with the new digital technologies. 4ª ed. - United States of America: Hal Leonard Corporation, 2011.

IFPI. GLOBAL MUSIC REPORT 2017: ANNUAL STATE OF THE INDUSTRY. 2017. Disponível em: . Acesso em 30 out 2017.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. 2 ª ed. – São Paulo: Aleph, 2009.

LOUREIRO, Kiko. Masterclass online em Music Business. 2017.

NEIVA, Kathia Maria Costa. A construção da carreira profissional na contemporaneidade. São Paulo: Vetor Editora [s.d.]. Disponível em: < https://www.vetoreditora.com.br/noticia_detalhe.asp?idJetinfo=9699>. Acesso em 28 nov 2017.

OLIVEIRA, M. Z.; NATIVIDADE, J.C.; GOMES, W.B. A medida do Talento: Evidências de Validade uma Escala para Aferir Talento em Organizações. Temas em Psicologia, v. 21, n. 2, p. 419-437, 2013.

PASCHOAL, Tatiane; TAMAYO, Alvaro. Construção e Validação da Escala de Bem-Estar no Trabalho. Avaliação Psicológica, Ribeirão Preto, v. 7, n. 1, p. 11-22, abr. 2008. Disponível em: . Acesso em 01 out 2017.

RHIOs. O conceito de “Carreira”. Blog RHIOs 11 ago 2011. Disponível em: < http://blog.rhios.com.br/2011/08/11/o-conceito-de-carreira/>. Acesso em 13 nov 2017.

SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Música Tocando Negócios: Um guia para ajudar você a empreender na música. Brasília: Sebrae, 2015.

SIMMONS, Gene. Eu, S.A. 1 ed. - Rio de Janeiro: Fábrica231, 2015.
Publicado
2018-07-03